[Divulgação] Mundo Cão

em 5.2.17
Sabe
aquele livro que parece convidá-lo para o ler? Tudo o que vejo a respeito de Mundo Cão me soa tremendamente magnético.

Talvez seja porque seu autor, ao escrevê-lo, abordou a decadência humana. Ou talvez seja o fato de que ele procurou retratar a realidade brasileira e baiana, a música alternativa e o medo de um futuro trágico... Posso não saber o que exatamente me atraiu, mas a sinopse dessa obra certamente promete uma leitura surpreendente para quem curte temáticas que envolvem comportamento moral.

'Bora conferir:


Título: Mundo Cão
Autor: Matheus Peleteiro
Editora: Novo Século | 2015 | 168 páginas
Sinopse: Unindo elementos de literatura marginal com sentimentos altruístas, surge Mundo Cão, que narra, em primeira pessoa, a história de Pedro Contino, um jovem que so­fre desde cedo por conta das peripécias da vida, e, por mais que busque o melhor, vê, em sua sombra, o caos. Morador da favela Roda Vida, Pedro poderia ter traçado qualquer caminho, mas a vida escolheu um em especial. Mesmo em meio à ausência de recursos, é apresentado à literatura por um vizinho mais velho, e, por conta dela, cria uma importante consciência social. Guiado por músicas e livros, ele logo percebe como tudo funciona. Indigna-se e, amargamente, percebe que não tem poder para realizar uma mudança no mundo…
O caos já faz parte dele, envolvendo-se com drogas, álcool, e, para completar, com as mais belas e loucas mulheres.

Eu
sinto enorme curiosidade por conhecer o protagonista Pedro. Acho que vou me encantar e torcer por ele!

Nas palavras do próprio autor:

Criei um personagem que quer ser bom nos dias trágicos ainda que tudo lhe chame para o errado... A história se passa em Salvador, e nela tentei trazer o humor ácido do Bukowski e a maneira de entreter do Dostoievski.

Interessou-se pelo livro?
Skoob | Página do Autor | Compre a edição física: Amazon | Cia. dos Livros 

Sobre o autor:
Nascido em Salvador – BA em 1995, escritor, poeta e contista, Matheus Peleteiro publicou em 2015 o seu primeiro romance, Mundo Cão, pela editora Novo Século. Em 2016, lançou a novela intitulada "Notas de um Megalomaníaco Minimalista", pela editora Giostri, o livro de poemas "Tudo Que Arde Em Minha Garganta Sem Voz", pela editora Penalux e teve também um conto selecionado para a coletânea "Artistas Liberais", publicada pela editora Dalle Piage.
O escritor também faz parte do coletivo Sapiens Marginalis, no qual poetas de todo o Brasil divulgam seus trabalhos através de zines e das redes sociais.
Matheus iniciou seus escritos na internet, utilizando o pseudônimo “Espirituoso e Trágico”, e busca retratar a sua geração abordando aflições contemporâneas.

Outras publicações:
 

Gostaram de conhecer a obra?
Se você a leu, adoraria saber sua opinião!

17 comentários:

  1. Olá Fran, como vai?
    Ao contrário de você, não me interessei pelo livro só lendo a sinopse não.
    Eu gosto de temáticas fortes, que debatam temas importantes pra que possamos refletir sobre as atitudes que tomamos no dia a dia, mas esse livro não me chamou a atenção não, achei meio deprimente e isso já começou pela capa.
    Vou ler algumas resenhas pra ver se meu pensamento muda.
    Beijo
    https://qadulta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É um tema bastante interessante, bem real e atual. Mas não tenho interesse em nada do tipo no momento, tô numa vibe de livros sussas. Haha!

    ResponderExcluir
  3. Parece interessante! Mas não curti muito a sinopse!
    Espero que seja uma boa leitura, é sempre bom incentivar autores nacionais :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Dessa vez a premissa não me agradou, então passo a dica, mas vou indicar seu blog a alguns amigos.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Motivos suficientes pra eu querer ler! Retratar a condição humana e dentro de um contexto e lugares conhecidos por nós? Deve ser uma leitura muito proveitosa! Aguardando tua resenha!

    ResponderExcluir
  6. Olá Fran!
    Que saudade de ver aqui. Bem-vinda de volta.
    Adorei saber sobre o livro do Matheus e com certeza este livro tem um personagem principal que faz a gente se identificar, só de ler a sinopse dá para notar isso.
    Sucesso ao autor!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Realmente, a sinopse atrai, parece bem profundo, um texto daqueles, como diz o Kafka, soco no crânio, do jeitinho que gosto. Parabéns ao autor pelo lançamento.

    ResponderExcluir
  8. olá, tudo bem?
    Nossa que legal amei a premissa desse livro. Tudo nele chama a atenção. Vou tentar ler sim. Obrigada pela dica e muito sucesso ao autor; Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Particularmente, não gosto desse autor e, num geral, dessa mania dos escritores atuais de imitarem o estilo do Bukowski. Mas, apesar de já ter lido algo do autor em questão e não ter gostado, pode ser que esse livro seja, de fato, bom. Quem sabe, né? A sinopse é interessante.

    ;*

    ResponderExcluir
  10. Não é muito o tipo de livro que eu leria, mas é bem interessante o que o autor propõe.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  11. olha,fiquei muito afim de ler...e ele referenciando Buk e Dostô, nossa *--*
    a premissa tem tudo que me encanta num livro...
    vou ficar de olho no autor e suas obras... e obrigada por compartilhar por aqui essa bela obra ^^
    bj...

    ResponderExcluir
  12. Oi Francine!
    Não conhecia o autor, mas me interessei pelo livro,vou adicionar ele no skoob pra depois ler :)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oie
    sempre ouço falar desse livro e sempre bate a curiosidade pois gosto desses gêneros mais fortes, gostei da dica e da divulgação, que seja um sucesso

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Pela sinopse o livro parece bem profundo, do tipo que gera reflexão, e por mais que me atraia não leria agora, porque olha, haja coração pra esses livros sofridos kkk.

    ResponderExcluir
  15. Parece ser um enredo bem instigante. Adorei o título, parece ser bem condizente mesmo.
    Sucesso ao autor, fiquei super curioso!

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Esse livro tem tudo pra mexer com a gente. Mostrar a realidade nas favelas,as consequenciais de escolhas erradas, viver esse mundo cão é sem dúvida uma luta diária. Interessante... Gostei!
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados